Galeria de marcadores

Paraplégica posa de lingerie para provar que deficientes também são sensuais


Em 2010, um acidente na despedida solteira da americana Rachelle Friedman Chapman, então com 24 anos de idade, mudou sua vida, deixando a jovem paralítica do peito para baixo. Cinco anos depois, ela se tornou escritora e palestrante, esposa e mãe.
"Fiquei paraplégica em um acidente horrível que mudou não somente a minha vida, mas a vida dos que me cercam. Meu corpo mudou e a habilidade de fazer o que eu queria foi embora", escreveu Rachelle em seu Instagram.

Rachalle usa um cateterismo vesical para ajudar no controle do esfíncter e da bexiga, mas o artifício influencia negativamente na autoestima de quem o usa. "O cateterismo é parte de mim, mas é tudo o que sou".

A americana luta, no entanto, para acabar com o estigma de que pessoas com deficiências, muitas vezes vistas como assexuais, não são capazes de atrair parceiros. Pensando nisso, ela posou de lingerie para um ensaio sensual para provar que é tão sexy quanto qualquer outra pessoa. "Queria fazer algo não só por minha autoestima, mas para qualquer um que está na minha situação e pensa não ser bonito por causa deste problema", afirmou.

Ela disse ainda que seu objetivo é ajudar a acabar com o preconceito que as pessoas com deficiência sofrem. "Estou fazendo isso para mostrar que somos capazes, seres sexuais. Não estou glamourizando a deficiência. Minha paralisia é uma farte horrível da minha vida e espero pela cura. Mas, nesse meio tempo, preciso amar a mim mesma", concluiu.

____________________

FONTE: Revista Marie Claire/Globo.com - 03/08/2015

 Fique por dentro das notícias com o Blog Gata de Rodas
Bora lá se cadastrar: www.gataderodas.com 

E receba matérias exclusivas. Beijos  

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo