Galeria de marcadores

Governadora LGBT, ex-militar amputada e refugiada somali: as mulheres vitoriosas nas urnas nos EUA


País pode não ter presidente mulher, mas terá o pioneirismo de várias outras em diferentes esferas políticas.

Hillary Clinton não venceu as eleições presidenciais dos Estados Unidos, mas mesmo assim o dia 8 de novembro de 2016 foi histórico para as mulheres na política americana.
O país agora terá sua primeira governadora LGBT, a primeira americana muçulmana de origem somali a ser eleita para um cargo público e a primeira mulher de origem latina a ser eleita para o Senado.
E esses são apenas alguns exemplos.
Confira abaixo quem são algumas dessas vitoriosas:
Catherine Cortez Masto, senadora por Nevada


Catherine Cortez Masto, ex-procuradora-geral do Nevada, é a primeira mulher de origem latina a ser eleita para o Senado americano.
Ela vai ocupar o assento do veterano Harry Reid, que era líder da minoria democrata na casa e vai se aposentar neste ano.
Como Hillary, ela é democrata e fez campanha por uma reforma nas leis de imigração. Masto é neta de um imigrante mexicano.
A senadora eleita criticou publicamente o plano de Donald Trump de construir um muro na fronteira entre Estados Unidos e México.

Ilhan Omar, deputada federal pelo Minnesota



Ilhan Omar se transformou na primeira muçulmana somali-americana a ser eleita para a Câmara dos Representantes. E a primeira a ser eleita para um cargo público.
Ela vai representar o Estado de Minnesota.
Ilhan chegou aos EUA com a família ainda criança, na década de 1990, após escapar da guerra civil na Somália.
Antes disso, ela havia passado quatro anos em um campo de refugiados no Quênia.
A campanha de Omar se concentrou em uma série de questões como reforma na polícia americana, mudança climática, custo da educação e construção de uma economia mais inclusiva.

Kate Brown, governadora do Oregon



Kate Brown, que comandará o Estado do Oregon, é a primeira pessoa abertamente bissexual a ser eleita para um cargo como este.
Em seu discurso de vitória, lembrou que iniciou sua carreira política quando descobriu, na década de 1980, que ganhava menos como procuradora do que um ocupante homem do mesmo cargo.
"Prometo que vou fazer tudo o que posso para garantir que ninguém neste Estado tenha que enfrentar este nível de medo, ou enfrentar este nível de discriminação", afirmou a governadora eleita.

Kamala Harris, senadora pela Califórnia


Kamala Harris é a primeira americana de origem indiana e afro-americana a ser eleita para o Senado.
Ela tinha uma base de apoio de peso, que incluía o presidente Barack Obama e seu vice, Joe Biden.
E Harris já tinha sido foi pioneira antes: foi a primeira mulher, primeira afro-americana, primeira americana de origem indiana e asiática a ocupar o cargo de procuradora-geral da Califórnia.

Tammy Duckworth, senadora pelo Illinois



A militar Tammy Duckworth se transformou na primeira mulher americana de origem tailandesa a ser eleita para o Senado.
Piloto de helicóptero, ela é veterana da guerra do Iraque, onde perdeu as duas pernas.
Além disso, ela enfrenta problemas no braço direito em consequência dos ferimentos.
A vitória também foi pessoal: durante a campanha, seu rival, o republicano Mark Kirk, zombou de suas origens.

Stephanie Murphy, deputada federal pela Flórida


Murphy é a primeira mulher americana de origem vietnamita eleita para um cargo no Congresso americano - representará a Flórida.
Os pais de Murphy fugiram do Vietnã de barco e foram resgatados pela Marinha americana ainda no mar.
Ela é especialista em segurança nacional e venceu John Mica, congressista republicano que ocupava o cargo há 23 anos.

Pramila Jayapal, deputada federal pelo Estado de Washington


Jayapal é a primeira mulher americana de origem indiana a ser eleita para a Câmara.
Antes de entrar para a política, trabalhou como ativista pró-direitos civis e fundou um grupo de defesa para árabes, muçulmanos e americanos com origens no sul da Ásia logo depois dos ataques de 11 de setembro de 2001.
Bernie Sanders - que disputou com Hillary Clinton a vaga de candidato a presidente pelo Partido Democrata - declarou apoio a Jayapal na disputa no Estado de Washington.

FONTE: BBC Brasil - 11/11/2016

............. Gata de Rodas ..................



Fique por dentro das notícias com o Blog Gata de Rodas
Bora lá seguir e se cadastrar: Gata de Rodas     
E receba matérias exclusivas. Beijos 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo