08/05/2018

Atriz Carol Marra está no elenco da peça LGBT 'Bruta Flor'

Atriz Carol Marra está no elenco da peça LGBT 'Bruta Flor'

Galera, vai ter estreia de peça teatral com temática LGBT! Após grande sucesso de público e de crítica na temporada 2016 e 2017, peça BRUTA FLOR retorna em maio para São Paulo no  Teatro da União Cultural, com nova montagem e um novo elenco, formado:

- pelo ator e cantor André Pottes que fará o personagem Lucas em Bruta Flor. André Pottes tem no currículo, entre outros espetáculos: Relaxa que é Sexo, A Pequena Sereia, O Homem de la Mancha, Como Terminar Seu Roteiro Sem Fazer Esforço, Terra Dourada, Rocky Horror Show, A Kate me Quis, Big Broadway Brasil - inspirado em Kiss me Kate e ShowBoat, O Homem da Poltrona e a [ÓPERA] A Bela e Fiel Ariadne.

- pelo ator e modelo internacional Fernando Zilli que vai viver Miguel na nova montagem de Bruta Flor. Fernando Zilli é ator formado pela Escola de Atores Wolf Maya – RJ e desde dos 19 anos trabalha como modelo internacional (Ásia -Coreia, Singapura, Indonésia – e Milão). Recentemente atuou na montagem infanto-juvenil “Romeu e Julieta” no Teatro Cândido Mendes – RJ. Atualmente está em cartaz com a comédia musical “Relaxa que é Sexo”, dirigido por Wolf Maya.

- e pela atriz convidada Carol Marra, atriz transgênero que dá um toque de personalidade a Simone, sua personagem que em BRUTA FLOR, que é casada com Lucas que não aceita ser bissexual. Carol Marra é formada em jornalismo e artes cênicas. Nos bastidores da Fashion Week foi descoberta pelo editor da revista Vogue RG e iniciou a trajetória como modelo. Assim, quebrou barreiras no mundo fashion: foi a primeira modelo transgênera nas passarelas do Minas Trend Preview (terceira maior semana de moda no calendário brasileiro). Também foi a primeira transex a estampar um editorial na revista L´Officiel, bem como a primeira a estrelar a capa da revista Trip. Histórica por sua ousadia, a publicação teve recorde de vendas. E agora, Carol é o novo rosto da campanha mundial da vodcka Absolut. Estreiou nos cinemas em abril 2017 ao lado de Carolina Ferraz no longa “A Glória e a Graça”.

Ainda no elenco também estão os atores Carol Marra, André Pottes e Fernando Zilli. O texto tem a assinatura de Victor Oliveira e Carlos Fernando de Barros, a trilha fica por conta de   Cida Moreira , uma das maiores cantoras do nosso país.

Em Bruta Flor, André Pottes que faz o personagem Lucas vive um triângulo amoroso com sua esposa, Simone, e seu amigo de infância, Miguel. Porém, a dramaturgia de Vitor de Oliveira e Carlos Fernando Barros aborda de forma visceral e profunda o relacionamento desses dois homens, que se encontram presos em um lugar desconhecido e que a medida que começam a relembrar a trajetória deles, a relação vai ganhando contornos dramáticos, envolvendo a aceitação da homossexualidade de um deles.

Além da homofobia internalizada e a possível consequência trágica que o preconceito velado pode ter, o espetáculo também aborda temas delicados e polêmicos que muita gente prefere fazer vistas grossas, tais como: o preconceito, a bissexualidade, o relacionamento abusivo e a violência doméstica.

Bruta Flor traz na direção o ator Márcio Rosário, que na telinha sempre mostra personagens fortões e que metem medo, como o truculento Bazunga de I Love Paraisópolis (2015), ou o capanga Ramiro de Flor do Caribe (2013). O diretor Márcio Rosário comemorou o fato da produção conseguir ficar firme mesmo sem nenhum apoio.

"Mesmo sem leis de incentivo, continuamos a fazer nosso trabalho com a grande parceria de apoiadores culturais, e estamos felizes de poder voltar em nossa sexta temporada com força total tendo o público como nosso maior aliado", comenta o produtor executivo Daniel Chiarelli.

Com um final surpreendente Bruta Flor, já foi visto mais de dez mil pessoas e tem emocionado plateia de diferentes idades durante a sua trajetória.

Vale a pena conferir!


Serviço: Estreia dia 23 de Maio - 21 horas

Temporada: Maio - Quartas e Quintas - 21 horas / Junho - Quartas - 21 horas

Local: Teatro da União Cultural

Endereço: Rua Mário Amaral, 209 - Jardins - São Paulo - 04001-001 (600 metros do Metrô Brigadeiro)

Telefone: (11) 2148-2923

Censura: 16 anos – Cenas de Sexo, Nudez e Violência Doméstica

Temática: LGBT

Ingressos a venda na bilheteria do Teatro:
70,00 (inteira) e 35,00 (meia entrada).
30,00 (Classe Teatral com Comprovante).
20,00 (ONGS com venda minima de 10 ingressos).



Siga, faça parte do blog, cadastre-se: Gata de Rodas
Receba matérias exclusivas. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Subir