23/10/2019

Filme Documentário "LONGE DA ÁRVORE"

Filme Documentário "LONGE DA ÁRVORE"
Eu, Gata de Rodas, no dia 24/08/2019 participei da  Roda de Conversa sobre o Filme Documentário "LONGE DA ÁRVORE".Tema: Ser Diferente é o que nos Une. Totalmente emocionada, "Longe da Árvore" me fez reviver o meu passado, me situou no presente e me fez pensar muito no meu futuro. Depois que eu assisti o documentário me deu um nó na garganta que foi até difícil realizar a roda de conversa, mas quando uma mulher com deficiência é invisível em todos aspectos e espaços, a gente torna-se forte e se faz visível.
Exatamente isso que eu estou fazendo, levando as minhas narrativas, mesmo não sendo líder de coaching e nem sendo uma intelectual nas palavras e muitas vezes sendo julgada. Enfim, eu estou passando ao meu modo e da forma que eu sei fazer, porque o importante é ser ouvida e respeitada!
Meus agradecimentos ao Instituto Alana, a Virada Sustentável-SP e ao Selo Believe Films pelo convite!
Estamos aqui para somar!


Sobre o Filme

Baseado no premiado e aclamado livro “Longe da Árvore: pais, filhos e a busca da identidade”, de Andrew Solomon, O documentário "Longe da Árvore" fala sobre família. A família que nascemos e a família que construímos. Um olhar corajoso na jornada de acolhimento e afeto das relações humanas.

Dirigido e produzido pela vencedora do Emmy Rachel Dretzin, o filme acompanha a pluralidade de jeitos de viver e se relacionar, narrando o dia a dia de pessoas com síndrome de Down, nanismo, autismo e de uma família com o filho preso na cadeia. Estas histórias profundas, e muitas vezes avassaladoras, em geral são histórias de esperança cercadas de muita candura e transparência.

Assim como o livro, o filme traz lições de amor que vão muito além de seus personagens, trazendo histórias que podem frear o aumento do ódio ao nosso redor. É um filme que restaura a dignidade de pessoas cujos direitos estão sob ataque. Uma rara janela para a vida de outros.

Cada uma das famílias centrais do filme nos conta uma história única, mas Dretzin habilmente revela paralelos que abraçam temas como comunidade, compreensão e autoaceitação. Ela entrelaça a história pessoal de Solomon com as demais.

Ele nos incentiva a valorizar as pessoas que amamos pelo que elas são, e não pelo que poderiam ter sido.

Ao mostrar como as famílias aprenderam a amar seus filhos diferentes, ele nos mostra como amar a diversidade em nosso mundo – e como ver o diferente não como ameaça, mas como uma reluzente e nova beleza.

Acessa:
Álbum 1 - Gata de Rodas na Pré-estreia do Filme Longe da Árvore
Álbum 2  - Mamilos Podcast especial Longe da Árvore: Entrevista Andrew S.
Álbum 3  - Virada Sustentável - Bate-papo "Ser Diferente é o que nos Une"
Siga, faça parte do blog, cadastre-se: Gata de Rodas
Receba matérias exclusivas. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Subir