18/05/2020

Roda de Conversa Online: 17 de Maio – Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia

Roda de Conversa Online: 17 de Maio – Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia
Domingo, 17 de maio, é um dia importante para a comunidade LGBT+. Uma data de reflexão e de avaliação das políticas públicas existentes em prol dessa população.
Comemoramos o Dia Internacional de Luta Contra a LGBTfobia. Há exatos 30 anos a Organização Mundial de Saúde – OMS retirava da Classificação Internacional de Doenças (CID) o termo homossexualismo da lista de distúrbios mentais e emocionais, reconhecendo a cidadania e a igualdade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais e homens trans.
A APOGLBT-SP irá realizar uma roda de conversa para debater o tema: “Seremos o pesadelo daqueles que querem roubar a nossa Democracia.” (Slogan da 24ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo). Estarão presentes na live:
James N. Green, um dos fundadores do Somos: Grupo de Afirmação Homossexual em 1978. Ele é professor de História do Brasil na Brown University e autor de Além do Carnaval: a homossexualidade masculina no Brasil do século XX e Revolucionário e Gay: A vida extraordinária de Herbert Daniel, pioneiro na luta pela democracia, diversidade e inclusão, entre outras obras;
Cláudia Regina, militante LGBT+, participou do Grupo SOMOS, o primeiro movimento homossexual organizado do Brasil, atual presidente da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo – APOGLBTSP. Cláudia sempre esteve alinhada à luta por direitos humanos, participando ativamente na vida política e fundação do Partido dos Trabalhadores;
A mediação ficará a cargo da Drag Queen Dindry Buck. Dindry é ativista do movimento LGBT e de pessoas vivendo e convivendo com HIV/AIDS e faz parte do Esquadrão das Drags, um grupo formado por quatro Drags para interagirem com a comunidade LGBT+ do centro, levando informações sobre saúde, direitos e Cidadania.

Mario Longhi trabalha nos últimos seis anos na Heritage of Pride / NYC Pride, que produz a histórica Marcha do Orgulho de Nova York. Ao longo desses anos, o NYC Pride teve um crescimento significativo e, em 2019, sediou o World Pride em comemoração aos 50 anos dos motins de Stonewall. Ele desempenhou muitos papéis na produção dos eventos e, atualmente é co-presidente da organização; Nelson Matias Pereira, militante LGBT+, foi um dos fundadores da APOGLBT-SP e presidiu a entidade entre 2005 e 2007 e é seu sócio-fundador.
Siga, faça parte do blog, cadastre-se: Gata de Rodas
Receba matérias exclusivas. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Subir